quinta-feira, 15 de março de 2012

O lúdico e o desenvolvimento do raciocínio lógico


O lúdico e o desenvolvimento do raciocínio lógico

Daniela Rosa da Silva



Os jogos, brinquedos e brincadeiras desempenham papéis importantíssimos no desenvolvimento do raciocínio lógico-matemático. “Ao permitir a manifestação do imaginário infantil, por meio de objetos simbólicos dispostos intencionalmente, a função pedagógica subsidia o desenvolvimento integral da criança.” (KISHIMOTO, 2009, P.22). Através do jogo, abrimos espaço para o lúdico na escola, tanto como sinônimo de recreação e entretenimento, mas também, como atividade pedagógica direcionada.
Os jogos contribuem para o desenvolvimento intelectual, pois através da manipulação de materiais variados a criança poderá reinventar coisas, reconstruir objetos, fazer relações com situações reais, aprender regras, desenvolver sua linguagem. Através do jogo, a criança desenvolve o raciocínio lógico e a criatividade.
Através do lúdico as crianças podem desenvolver algumas capacidades importantes, tais como a atenção, a memória, a imaginação, concentração, conservação, seriação, reversibilidade, análise e síntese, interpretação, argumentação, organização. Nesse contexto a criança desenvolve a autonomia e a capacidade de resolver problemas de maneira prazerosa como participante ativo do seu processo de aprendizagem e é por meio da brincadeira que a criança se desenvolve socialmente conhecendo as atitudes e as habilidades necessárias para viver em seu grupo social.

Referências

Brasil, Secretaria de Educação Fundamental. Parâmetros Curriculares Nacionais: Matemática. Secretaria de Educação Fundamental, Brasília: MEC/SEF, 1997

SMOLE, Kátia Stocco; DINIZ, Maria Ignez; Ler, escrever e resolver problemas – Porto Alegre: Artmed, 2001



Nenhum comentário:

Postar um comentário